OMS faz reunião para decidir se varíola dos macacos é emergência mundial

OMS faz reunião para decidir se varíola dos macacos é emergência mundial

Um Comitê de Emergência criado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) se reuniu hoje (23) para discutir o surto de varíola dos macacos e definir se a doença será considerada uma ESPII (Emergência de Saúde Pública de Interesse Internacional). Os especialistas vão fornecer conselhos e recomendações aos Estados-membros sobre formas de prevenir e reduzir a propagação da doença, que já chegou a mais de 40 países. 

O Laboratório de Virologia do Instituto de Medicina Tropical da Universidade de São Paulo (IMT/USP) está cultivando linhagens celulares do vírus monkeypox, conhecido por causar a varíola dos macacos. A intenção do laboratório é distribuir amostras do vírus inativado para laboratórios públicos e privados, e outros centros de estudos no país.

A Faculdade de Medicina da USP aponta que, a partir do resultado, pode ser possível desenvolver novas pesquisas para tratamentos e vacinas. Os laboratórios poderão ainda usar o material para expandir a quantidade de diagnósticos da doença, atualmente limitados pela falta de reagentes do vírus.

No momento, o Brasil registra 11 casos confirmados, sendo sete em São Paulo, dois no Rio Grande do Sul e dois no Rio de Janeiro. Outros dez casos suspeitos permanecem em investigação pelo país. Dois dos casos confirmados receberam alta e os outros seguem isolados e em monitoramento.

 

Texto: Victor Ferreira

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.