IBGE divulga levantamento inédito sobre homossexuais e bissexuais no Brasil

IBGE divulga levantamento inédito sobre homossexuais e bissexuais no Brasil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou hoje (25) uma pesquisa inédita sobre a orientação sexual autoidentificada da população adulta. A Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) revela que mais de 2,9 milhões de pessoas de 18 anos ou mais no Brasil se declaram lésbicas, gays ou bissexuais. Segundo a avaliação do instituto, o número ainda pode estar subnotificado.

O levantamento, feito em 2019, mostra que 94,8% da população, (equivalente a 150,8 milhões de pessoas), identifica-se como heterossexuais, ou seja, sente atração sexual ou afetiva por pessoas do sexo oposto. 1,2%, ou 1,8 milhão, declara-se homossexual e, 0,7%, ou 1,1 milhão, declara-se bissexual. Uma minoria, de 0,1%, ou 100 mil, disse se identificar com outras orientações.

De acordo com o estudo, o resultado brasileiro foi semelhante ao de outros países. Na Colômbia, 1,2% da população se autodeclara homossexual ou bissexual, e no Chile, a proporção chegou a 1,8%. Nos Estados Unidos, o percentual foi de 2,9%, e de 3,3% no Canadá. O instituto aponta que o preconceito e os estigmas podem fazer com que as pessoas não se sintam seguras em declarar a própria orientação sexual.

A primeira edição da pesquisa abordou somente a orientação sexual. A PNS não coletou dados sobre identidade de gênero, que ajudariam a identificar, por exemplo, o número de pessoas trans no Brasil. No entanto, o IBGE informa que estuda uma metodologia para incluir esse tema nas próximas edições da pesquisa.

O levantamento feito no mesmo ano, pela Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersexuais (Ilga), mostra que a homossexualidade é crime em cerca de 70 países. No Brasil, o relatório mais recente de Mortes violentas de LGBT+, do Grupo Gay da Bahia, aponta que 300 LGBT+ (lésbicas, gays, bissexuais, transsexuais, entre outros) sofreram morte violenta no país em 2021.

 

Texto: Victor Ferreira

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.