Quase 200 casos de hepatite grave são registrados em crianças no mundo

Quase 200 casos de hepatite grave são registrados em crianças no mundo

Cerca de 190 casos inexplicáveis de hepatite aguda grave foram detectados em crianças de diversas partes do mundo, informou o Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC) nesta terça-feira (26). O surto foi divulgado pela primeira vez este mês no Reino Unido, principalmente em crianças menores de 10 anos. Desde então, pelo menos outros 12 países relataram situações similares.

Segundo a diretoria do ECDC, aproximadamente 40 incidentes foram registrados na União Europeia e no Espaço Econômico Europeu. Os Estados Unidos e Israel também tiveram ocorrências. A inflamação do fígado é uma condição rara em crianças saudáveis, e o ECDC afirma que está investigando o evento com a Organização Mundial de Saúde e as autoridades nacionais.

Os novos casos não apresentam os vírus normalmente responsáveis ​​pela inflamação aguda nas hepatites de tipo A, B, C, D e E. De acordo com a OMS, 17 crianças precisaram de transplantes de fígado como resultado da doença recente, e uma delas morreu. Segundo o ECDC, as investigações até agora indicam uma ligação de contágio causada por adenovírus, que costuma apresentar sintomas parecidos com os da gripe e de infecção gastrointestinal. Qualquer conexão com a vacinação contra a covid-19 foi descartada.

 

Texto: Victor Ferreira

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.