Internacional

Após eleição de Trump turista brasileiro corre risco de preconceito nos EUA?

Internacional 10/11/2016/ 12:00:43
Após eleição de Trump turista brasileiro corre risco de preconceito nos EUA?
Trump não deve interferir no turismo de brasileiros nos EUA Chip Somodevilla/Getty Images


Após a vitória de Donald Trump nas eleições dos EUA, turistas e visitantes brasileiros que querem embarcar para o destino podem se tranquilizar.



De acordo com o analista político Sidney Leite, pró-reitor acadêmico e professor de relações internacionais da Faculdade Belas Artes, não há risco de xenofobia, pois o interesse econômico dos EUA é de manter o fluxo de visitantes, mesmo porque o turista brasileiro está entre os que mais consomem no país.



Segundo o Departamento Nacional de Viagem e Turismo do país, em 2015, mais de 2 milhões de visitantes do Brasil viajaram para os Estados Unidos e gastaram US$ 13,6 bilhões durante suas viagens. 



Vai para os EUA? Saiba como compensar a alta do dólar e economizar em solo norte-americano



? No programa de Donald Trump há claramente três vilões, que são mexicanos, muçulmanos e chineses. Brasileiro não está na lista.



O analista completa ainda que a tendência é a de uma continuidade no relacionamento para facilitar a entrada de brasileiro nos Estados Unidos e de americanos por aqui.



Já os brasileiros que moram nos Estados Unidos estão preocupados com a vitória de Trump. De acordo com os especialistas, se a pessoa está com a documentação ilegal tem mesmo que se preocupar, como relata Leite.



? As políticas dele são restritivas, eu ficaria bastante preocupado. Em muitos momentos ele falou em expulsão dos ilegais. Para quem está lá, o cenário muda.



Xingamentos nas ruas



O professor do departamento de Relações Internacionais da PUC-SP e coordenador do Observatório Político dos Estados Unidos, Geraldo Zahran, completa que, no caso específico de muçulmanos e latinos, os grupos podem até sofrer perseguições nas ruas e formar guetos.



? De acordo com o tom das políticas adotadas, muçulmanos em particular podem sofrer xingamentos e perseguição aberta, até ameaças à integridade física nas ruas.



Ele completa ainda que, dependendo de como a política andar, esse tipo de situação pode até transbordar para brasileiros que estão ilegais por lá. 



? Em um primeiro momento, vai ter depoirtação. Já tinha no governo Obama e vai continuar. Mas tudo depende também da força da política adotada agora por Trump.



O analista político credita que, se economia americana continuar em crescimento, é bem provável que a política externa do  novo presidente não chegue ao extremo.



Eleições nos EUA: cinco razões para a vitória de Trump



Abaixo, conheça Donald Trump, o improvável presidente dos Estados Unidos:





Fonte: r7.com

Outras Notícias